3 de maio de 2016

.

Escolhas

Nossa, o bloguito tá abandonado. Falando sério, tem hora que dá vontade de eliminar. Mundo instantâneo demais para um blog. Pessoas que desejam ler através de imagens. Dia desses, enfrentei uma situação bem doida: duas colegas que riram de mim, porque eu estava lendo um livro. Disseram que estava para existir o dia que pegariam um livro para ler. E as duas riam e riam, em forte e bom tom. Que confusão! Não seria mais razoável eu rir delas do que elas de mim? Enfim... vá saber... o mundo se transforma. Para o bem ou para o mal, sempre em transformação...

Por falar em transformar, vejo como os conceitos mudam ao longo da caminhada. Sempre fui resistente em elogiar alguns profissionais. Eu os via como bajulados o suficiente e sempre me irritou esse negócio de trabalhar bem virar razão de auê. De forma que eu permanecia na minha quietude, zero elogio, mesmo quando o profissional merecia. Daí, tempo vai, tempo vem, amadureci (tento amadurecer) esse meu lado. Fala sério! Galera que trabalha bem traz uma tranquilidaaaaaaaade p o cerimonial, q merece todo elogio. Num trabalho mais punk, então, tipo buffet e decoração, com mil detalhes envolvidos, a tranquilidade triplica, quando se executa com propriedade.

Pois é. Eis que vou a um evento regado a Rullus. "Véi, quê k era aquilo?!!! Chocada!!!". Passei a compreender melhor os elogios e me rendo a eles. Phynno!!!! Show de bola. Percebi a crueldade de ser comparado a uns e outros que aparecem com uma vitrine razoável, um papo bacaninha e uma degustação bastante ok. Quem dera evento bom se fizesse por roupagem, por amostra que blinda a realidade. Prezada noiva, a realidade é atender incrivelmente a eventos de 10 a 1000 pessoas, mantendo o mesmo padrão e isso é para poucos, pouquíssimos, para raros nomes! Organizar degustação de 1/2 horas, para uns gatinhos pingados, faça-me o favor, isso é "facim, facim". 

Por que  um Rullus da vida é mais caro? Por isso! Pela execução com propriedade. Rola apertar um pouco o orçamento e comprar a ideia? Compre!!!! Vale a pena e é diferenciado, sim. Único? Não!!! Dos únicos? Coooooooom certeza!

Mas, por que mesmo, o jabá explícito? Porque meu sucesso depende de um coletivo de outros sucessos. E o buffet? Carrega o peso de mais alto patamar (opinião minha) ao sucesso de uma festa. PRONTO, FALEI!!!

19 de abril de 2016

.

Fernanda e Rafael

Eu quero as palavras mais bonitas. Ela merece! E sei que as mais lindas me faltarão. Nunca estarão à altura da grandeza de sua história. Não há como. Sempre nos simpatizamos muito com a história da menina humilde que cresceu na vida. Quando ouvimos, parece que nos engrandecemos juntamente. Assim, é a Nanda. A menina de origem humilde que não se abalou. Coitada não foi. Lutou e venceu. Adquiriu as próprias armas. O conhecimento, a maior de todas. O responsável por ganhar qq luta.

No primeiro contato, ela disse com fervor: "MEUS PAIS SEMPRE DISSERAM QUE, OU EU ESTUDAVA, OU SERIA MISERÁVEL". Achei forte! Mas, creio que foi justamente essa fortaleza de lição que a tornou vitoriosa. Ela estudou. Lutou. Venceu. Tem a profissão de dois dos meus maiores ídolos atuais, Leandro Karnal e, em especial, Marco Antônio Villa. Eu nunca a vi lamentando, menos ainda se vangloriando, mesmo que seja bem razoável certa glória por suas conquistas. Ela age com naturalidade. E eu me encanto a cada instante! Ela pode. Simplesmente pode. Vai e faz! Vai e conquista! E fim, simples assim! Sem alardes. Sem sensacionalismo.

No meio da ascensão cultural, econômica, social, um sonho conquistado. O casamento do jeito que desejou. Porque ela tem certeza de que a vida é feita de celebrações e momentos. Momentos que escrevem nossa história. Foi uma lindíssima página escrita! E eu estive lá, ao lado dela. Ouvi sua voz embargada e me senti feliz com aquela emoção. Enquanto vinham os primeiros sintomas da dengue, eu agradecia a Deus por ter forças para estar ali, ao lado dela + dele e de todos amigos e familiares. Senti alegria forte, tomando conta de mim. Como eu queria estar ali!!!! Adoro vitórias! Conquistas me inspiram, sabedoria tb. Minha sábia Nanda! Dos textos impecáveis, do vocabulário rico, dos detalhes, do bom gosto, da gentileza. Dos encontros que a vida me traz! 

Sim, eu sei, não consegui as palavras preciosas que borbulham em meu cérebro. Td meio desconexo. Bagunça que o fervor do coração provoca na mente. Confuso de tanto carinho. Fato é que eu a desejo para sempre comigo. Numa palavra vez ou outra, numa nova lição, na presença que veio pra ficar, amém! 

Quanta honra, que prazer conhecê-la! Que caminhada deliciosa. Obrigada por me proporcionar e me ensinar. Seja feliz! Sejam felizes, Nanda e Rafael. 

Fotos: Lutterbach Fotografia Autoral









13 de abril de 2016

.


Igual ou Diferente?

Instantes antes do atendimento, ela se deita ao chão da sala sobre o tapete. Seu corpo dói, como dói... Já são 3 dias ininterruptos de febre. Mas, ela não abandona o trabalho. "Só se me internarem", dizia sempre! Leva seu corpo à exaustão. Faz com orgulho. Com a sensação de dever cumprido.

A campainha toca, ela se levanta, abre o sorriso, é a noiva que chegou com o noivo. Logo após um oi, tudo bem, ela explica que está abatida, culpa do terceiro dia de dengue. Trabalhou no sol quente, com febre, no primeiro dia de dengue. Fez supermercado no segundo, a vida não para! No terceiro, seu corpo já reclama mais. A noiva diz q a cara dela tá boa, q bom! Força, garota, vc consegue.

Deu o melhor de si. Sei que o melhor, naquela circunstância, não é do jeito que ela gosta. Ela tem mania de perfeição. Mas, segue tranquila, porque fez o melhor que podia naquelas condições. Perguntou à noiva se ela foi em outro cerimonial. Ela diz q sim e achou igual. Ela não sabia se o trabalho da outra era bom. Mas, passou por um evento onde essa pessoa considerada igual se atrasou, prendendo cerca de 40 convidados à espera de sua chegada por 30 minutos. Ao fim do evento, a pessoa infringiu a norma do espaço e invadiu um local de acesso proibido. E ela foi julgada igual... Logo ela, que nunca se atrasa. Logo ela, que não tem hábito de infringir normas. Logo ela, que levava seu corpo à exaustão e só abandonaria o trabalho carregada, enquanto houver vida, ela estará lá, presente, engajada, lutadora.

Desde que ouviu a palavra igual, ela não conseguiu mais render nas palavras. Seu resto de força se esgotou naquele instante. E o casal se foi, indicando claramente que não voltaria. Afinal, A igual ainda custa bem diferente dela. Custa bem menos, óbvio!!!

Neste instante, ela chorou. Se permitiu derramar toda a dor que o corpo sentia. O orgulho se transformou em sentimento de COMO VC É TOLA. Pra que se entregar tanto assim? Você não é Mulher Maravilha. Para de brincar de Deus. Você é humana e fraca. E, mesmo com toda dedicação, pode ouvir que é igual, só mais uma na multidão. E ela chorou, chorou de soluçar. Prometeu rever seus conceitos. Sentiu pena de si mesma... 

No outro dia, ela acordou. Pior que no dia anterior. O corpo doía muito mais. Ela sentiu que não ia aguentar. Levantou com dificuldade, tomou um banho. Encheu a cara de base, rímel e blush. Sorriu e saiu! Uma agenda cheia de compromissos a aguardava. Estufou o peito, renovou o orgulho. E jogou no lixo os novos conceitos. Neste caso, manteria os velhos de só abandonar "o palco" quando caísse ao chão! E seguiu até desmaiar na manhã do dia seguinte...

Mas, já está de pé e amanhã tem mais reuniões. 

8 de abril de 2016

.

Está convidado?

Eu estou. Privilegiada sou. Farei parte dessa história. Faço parte dela. Honra sem fim. A hora tão esperada. Que chega agora! Daqui a pouquinho. Das histórias que conheci, uma das mais lindas, certamente. Convidado a participar conosco????

Nanda e Rafael, sejam felizes! Minha Nanda, querida, vc me inspira! Retrato do que desejo a um mundo melhor, mais sábio e vitorioso!

Convite: Le Couple
Foto: Alex 



4 de abril de 2016

.


MOMENTO VAIDADE

Como comentei, num dos posts recentes. considero o bom trabalho uma obrigação, um compromisso mínimo de qualquer profissional. Sou paga para fazer bem feito e não tem conversa quanto a isso. Noivos não devem me agradecer, eu que os agradeço a oportunidade que me deram, oportunidade de trabalhar, de me dignificar, de me enobrecer. Quase me sinto envergonhada com elogios, tipo COMO ASSIM, É MEU DEVER!!!!! Ainda assim, isso não minimiza a delícia. E, como cerimonial é bem abstrato, reconsiderei o palpite de alguns amigos, de noivas e de profissionais que disseram que expor um pouquinho do que recebo é uma vitrine importante para meu trabalho e para futuras noivas avaliarem suas escolhas.

OBRIGADA A TODOS QUE DEMONSTRAM SEUS CARINHOS! Segue uma breve amostra:

Para finalizar, eu quero te dizer que durmo e acordo tão tranquila por ter te contratado. Você foi o investimento mais importante dentre todos. Com o avançar das negociações e a proximidade da cerimônia, vamos percebendo como o cerimonial é importante e eu não tenho nenhuma sombra de dúvida de que a minha escolha foi a MELHOR! Você é uma profissional top, sem palavras mesmo para descrever seu engajamento!

Abraço, 
Fernanda.

Oi gente,

Estou escrevendo esse e-mail hoje Pq ainda estou com tudo fresquinho na minha cabeça...

Na verdade não tenho nem o que falar né, apenas agradecer pelo carinho e dedicação de cada um de vcs... Foi tudo absolutamente perfeito, do início ao fim... É tudo por causa de vcs que cuidaram de cada detalhe com tanto carinho.

Vou dar meu feedback de cada um...

Cerimonial: Rejane e Alex vc são incríveis... foi tudo maravilho e muito bem conduzido, as meninas que trabalham com vcs são incríveis, muito prestativas e atenciosas... Tudo que pedimos foi resolvido e providenciado na hr.

Bem gente no mais é isso. Deixamos aqui não só o nosso muito obrigada mas tb os parabéns pela dedicação, paciência e profissionalismo de todos... Nossa festa não teria sido nada se não fosse por vocês.

Super indico todos, hahaha ❤️

Grande beijo,

Simone e Léo 


Maíra Leitoguinhos Rejane, todos sabem que preparar uma festa de casamento dá muito trabalho e preocupações, por isso ter uma pessoa tão competente e dedicada como vc é essencial! Vc foi maravilhosa! Nos trouxe tranquilidade e confiança todo o tempo e, principalmente, soluções quando as coisas fugiam do nosso controle. Nas últimas semanas então, não sei oq seria de mim sem vc! rsrs Surgiram imprevistos, problemas e vc me livrou de todos, deixando tudo MUITO MUITO melhor! Obrigada pela companhia, agilidade, competência, calma, sinceridade... E parabéns pra vc e sua equipe, vcs são demais! Estamos muito felizes de termos escolhido vcs para esse momento tão importante! Beijos!



Carla Abreu Vc que foi!! Sem vc a festa não seria perfeita como foi!!! Nunca vi uma cerimonialista tão competente como vc!!! 


Rejane!! Muito obrigada por tudo!!!! Desde que marquei o casamento, já sabia quem seria o meu cerimonial: Fabricar Eventos!! Já conhecia a competência de voces há muito tempo.. e com o meu casamento não foi diferente! Desde o primeiro dia que te procurei, você sempre foi super atenciosa, competente e comprometida. Sempre disponível a qualquer momento, respondendo os e-mails quase imediatamente!!! rsrsrs Não deve ser fácil mexer com noivas, mas você e o Alex fazem tudo com muito amor e dedicação sempre! Ontem foi tudo perfeito, tudo deu tão certo! Mas também, nem precisei me preocupar, afinal, vocês estavam lá!!! Muito obrigada! Bjoss Lorena

28 de março de 2016

.

Maíra e Eduardo

Minha história com a Maíra é daquelas que dão um livro. Logo que ouvi tudo, em nossa primeira reunião, claro que tomei como minha a missão de fazer dar certo! Recuperar a imagem de cerimoniais como figuras necessárias em um casamento e não somente figura ilustrativa. E assim começamos nossa caminhada.

Num período curto, nunca vi tanta intensidade. Contato estreito, próximo, útil, importante, uma escola e tanto! Aprendi um monte. Com a mãe, Vânia, linda, sempre presente, cuidadosa, definindo cada mínimo detalhe, cada beleza, cada complemento, cada encanto e com a noiva, Maíra, linda tb, adotando outros detalhes que complementariam o casamento belíssimo que viria. Posteriormente, percebi que o noivo e os pais, todos estavam engajados naquele propósito. Eita, precisava ser perfeito, que responsabilidade!!!! Tudo num compasso, o mesmo que se busca numa linda dança de ballet. Tínhamos o mesmo objetivo, sentir aquele casório como um belo bailar de instantes e momentos que marcam para sempre. Yeeeeeeees, we did!!!! 

Meio prepotente, talvez, mas eu diria, sim, nós tivemos o dia perfeito, sim, juntos, nós fizemos aquele dia perfeito, sim, nós merecemos aquele dia perfeito, sim, valeu, sim, foi!, sim, sim, sim, sim... Valeu abraçar aquela causa que me chegou no meio do caminho. Valeu o privilégio! Valeu a confiança! Valeu viver tudo isso e ficou sabor de delícia total.

No meio do caminho, senti minha presença bastante necessária em muitos episódios. Em todos eles, me entreguei, me dediquei, deleguei o melhor de mim - a causa delas é sempre a minha também, noiva minha me recebe na integralidade e na integridade. Vânia e Maíra, especialmente, aceitaram a minha entrega e a receberam com abraços. Por fim, nessa cadência, num momento que nem sei exatamente qual foi, já tínhamos nos apaixonado. Carinho que se tornou presente e um grande presente. 

A vida deu voltas e, nessas voltas que a vida dá, nossos caminhos se cruzaram do jeito que tinha de ser. Encontros necessários, fundamentais, complementares. Oportunidade de viver um novo encanto. Aquele casamento foi exatamente um NOVO E MARAVILHOSO encanto. Obrigada a todos envolvidos, especialmente a quem me abraçou e recebeu meu abraço desde o primeiro momento, Vânia e Maíra. Vocês me fizeram melhor. Melhor pessoa, melhor profissional, melhor do que eu era ontem. Estou certa disso e agradeço para sempre.

Fotos: CIA da Foto